11 4551.1128 | 11 99567.9430 (MKT) ou 11 98433.4484 (WEB) mail@agenciadb.com

Procurar aconselhamento pode te confundir: especialistas afirmam uma melhor prática diferente.

O conselho de cada um é diferente

 

*Pesquisando online você vai encontrar respostas variadas.

Brian Hughes diz: publique uma vez por dia. “Programe-se para publicar uma vez por dia, todos os dias. Não faça spam com seus seguidores com duas ou mais postagens diárias!”

Outro escritor adverte: “Tente não postar mais de 7 vezes por semana no Instagram. Há uma regra não dita que você não deve postar várias vezes por dia no Instagram.”

O infográfico da Adobe Spark sobre a postagem de reivindicações de frequência pode publicar pelo menos uma e até dez postagens por dia. “1 a 10 fotos por dia”, recomenda o infográfico, mencionando que a frequência dependerá de metas, mais especialmente para o comércio. “Certas marcas, por exemplo, compartilham com sucesso até 10 fotos no Instagram diariamente.”

Ou esse Infográfico do Viver de Blog que recomenda você postar duas vez por dia.

Um blogueiro recomendou publicar “1,5 vezes por dia, ou mais“, com base em sua descoberta de que as grandes marcas post naquela frequência.

Há especialistas que defendem que a frequência de publicação não é o fator mais importante – conta mais o conteúdo e sua identificação com seu público.

Mas você não pode determinar sua estratégia com base em uma média do que todo mundo está fazendo – isso pressupõe que todos, exceto você, tenham uma frequência de postagem perfeita.

Então você começa a ter mais dúvidas. Mas não há nenhuma resposta clara, pois não existe uma solução única para todos. E se todas essas observações contradizem umas às outras?


Talvez não exista uma fórmula igual para todos

Annie Spring uma advogada, designer de eventos e flores, tem mais de dez mil seguidores e, numa ocasião, postou no Instagram cerca de três vezes por semana. Seus posts receberam 600-1600 curtidas por postagem. Nessa época, ela costumava postar assuntos relacionados ao seu trabalho com flores; atualmente, ela desativou esse perfil, migrou suas postagens para a vida pessoal e, apesar de ter um enorme número de seguidores, suas fotos não tem o mesmo engajamento.

20,2 mil contas seguiam Central Square Florist, quando o perfil decidiu postar cerca de uma vez por dia durante um mês. Seu conteúdo obteve consistentemente 400-1000 likes por post – e eles mantém essa estratégia.

Embora existam muitos outros fatores que influenciam o sucesso de uma conta no Instagram, como tipos de conteúdo, horário e hashtags, você ainda verá que muitas contas bem-sucedidas diferem entre si em termos de frequência.

Pode não haver uma “melhor frequência”, o que significa que você precisa descobrir por si só o que é melhor para seu perfil.

 


Como determinar a melhor frequência para seu Instagram

A melhor frequência para postar no Instagram realmente depende de você e de seus seguidores.
Como você pode adaptar sua frequência para ser o melhor em seu negócio? Aqui estão algumas dicas:
  • Seja proativo (a) com experimentação e testes – de horários, de conteúdos, de hashtags, formatos (fotos, vídeos, lives, etc). Por exemplo: publique uma vez por dia todos os dias, exceto num dia da semana específico, que você vai postar uma vez na parte da manhã e uma vez na noite, e observe: uma postagem atrapalha as curtidas de outra ou ambas crescem?

Considere a frequência com que as pessoas falam sobre você

 

Às vezes, ajuda saber com que frequência outros perfis falam sobre você ou o seu negócio – dá uma noção de escala e ajuda a determinar se você pode acelerar o ritmo.

Por exemplo: se 10 posts por semana forem publicados sobre sua empresa/negócio no Instagram, você pode apresentar conteúdo gerado por um seguidor entre cada um de seus posts originais se você decidir postar mais de uma vez por dia.

Essa é uma ótima maneira de responder à alta frequência de engajamento daqueles que o seguem.

Outras dicas:

  • Se você possui uma empresa física, pesquise por postagens no Instagram que marcam sua loja como um local. Quantas postagens por semana são publicadas com essa geo-tag (de localização)?
  • Calcule a frequência de suas menções. Com que frequência as outras pessoas marcam você nas fotos e mencionam você ou seu negócio nas legendas ?
  • Como alternativa, você pode pesquisar sua empresa como uma hashtag. Você ficaria surpreso com quantas pessoas usam a hashtag #cocacola em vez de mencionar @cocacola.

Usando esses métodos, você pode tomar algumas decisões estratégicas de acordo com os comportamentos de seu público.

Você pode fazer uma pesquisa pelo Stories e mensurar a quantidade de respostas; também pode perguntar aos seus clientes – que visitam sua loja ou a quem você presta atendimento – se eles te acompanham nas redes sociais e quais são as impressões.

É importante adotar uma abordagem baseada em dados e aumentar suas fontes, especialmente quando elas vêm de seus seguidores atuais, pois podem melhorar suas chances de sucesso.

Não adianta você se matar pra criar conteúdo se sua audiência não tem o perfil de consumir as redes sociais com a frequência que você pensa em publicar.


O impacto da frequência no engajamento

 

Hilary Milnes, uma especialista em comportamento de redes sociais, observa: “De acordo com o relatório do índice de moda 2015 da L2 , as marcas que mais publicaram no Instagram foram recompensadas com mais engajamento.” Ela lembra que Valentino envia “quase 60 atualizações semanalmente para seus 6,3 milhões de seguidores e conseguiu um  engajamento  maior.

Em  nossa experiência com alguns clientes que não têm um número enorme de seguidores como a Valentino, descobrimos que, para a maioria dos segmentos, publicações frequentes não geram nenhum impacto negativo no engajamento se desejarmos aumentar a frequência de postagem;  o que observamos é uma diversidade no engajamento – não há equivalência no retorno, ou seja, uma postagem sempre teve mais engajamento que a outra e, em alguns casos, todas tiveram o mesmo engajamento.

Mas por que meu engajamento poderia aumentar se eu postasse mais?

Postar duas vezes por dia dá mais oportunidades para  seu conteúdo ser visto por alguém. Quando as pessoas veem um dos seus posts, algumas podem clicar para visitar o seu perfil e, em seguida, curtir mais algumas fotos. Quando você posta mais frequentemente, a chance do engajamento diminuir é pequena – a menos que você publique duas fotos em um curto intervalo de tempo. Você pode aumentar suas postagens para duas ou mais por dia, mas se você postar todas as imagens dentro de uma hora, isso pode se tornar irritante para alguns usuários.


Assim, se você for começar a fazer mais de uma publicação por dia, é interessante planejar seu conteúdo – isso vai te ajudar a economizar tempo e se organizar.

O planejamento é importante porque, passada a empolgação pós decisão de ter mais publicações diárias, você certamente vai esbarrar na produção, que demanda tempo.

Desde outubro/2020 o Estúdio de Criação do Facebook permite que você programe suas publicações – o que otimiza muito o tempo. A criação de conteúdo é que pode impactar dependendo da frequência que você escolher – nosso próximo tópico.


Escolha uma frequência que você pode manter consistentemente

 

Frequência estratégica é uma mistura de dois fatores: o que é melhor para o seu público e o que você pode manter consistentemente. Se sete posts por semana é melhor para o engajamento com seu público, mas ao mesmo tempo você tem dificuldades de publicar com essa frequência, um desses dois fatores pode acontecer:

  1. No primeiro cenário, você tenta duramente uma semana, publicar diariamente, e depois deixa de publicar por uma semana, e logo não publica mais, e só na terceira semana publica novamente.
  2. No segundo cenário, você posta duas a quatro vezes por semana, que é a maior frequência que você pode manter de forma sustentável semana após semana. Essa opção é mais consistente para os seguidores e pode ser a melhor escolha.

Estratégia não é apenas conectar as melhores práticas e dados em um modelo e executá-la. Estratégia depende do que você pode sustentar. O engajamento adicional de 10% pode não valer a pena para, por exemplo, aumentar o seu custo mensal com produção de postagens – se você tem alguém que te auxilia com artes e publicações, provavelmente vai ter que desembolsar um valor adicional. Por outro lado, poderia valer a pena se o ganho financeiro de 10% no seu negócio superasse esse custo.

Jeff Bercovici observou: “Contas que abruptamente diminuem sua frequência de postagem perdem seguidores rapidamente.” Entretanto, coerência é mais importante do que frequência. Seus seguidores precisam saber o que esperar. Para aqueles que trabalham com blog, isso pode soar familiar: alguns blogueiros postam uma vez por dia, outros uma vez por semana. Muitos blogueiros tentam ser consistentes para reunir um seguidor leal (esses, geralmente, publicam conteúdo no blog uma vez por semana, num dia fixo).

O retorno pode ser um bom termômetro para ditar sua frequência.*

Outra coisa a considerar é a mudança constante do algoritmo das redes sociais. O objetivo dos algoritmos é trazer a melhor experiência possível ao usuário, entregando conteúdo que ele gosta e eliminando aquilo que não o interessa. Assim, o usuário tem afinidade com o conteúdo que recebe e tem mais chances de voltar ao aplicativo, navegando pelo feed, Stories e vídeos.

Cada rede social tem um sistema diferente. O algoritmo do Facebook, por exemplo, tem características únicas. Ele utiliza dados relacionados ao engajamento para determinar o que será disposto no seu feed – é por isso que as publicações de determinadas pessoas e marcas aparecem com maior frequência.

O Twitter atualmente oferece duas opções de feed ao usuário: uma baseada nas principais interações e outra em ordem cronológica.

O YouTube, além das atualizações dos canais nos quais o usuário é inscrito, o algoritmo também sugere vídeos em alta sobre tópicos pelos quais você se interessa, mesmo sem estar inscrito nos canais relacionados.

O algoritmo do Instagram é um sistema de recolhimento de dados automático e inteligência artificial que estabelece a ordem de posicionamento dos posts que aparecem no feed do usuário.

Muitas marcas estabeleceram presença nesse rede nos últimos dois anos. A tendência do usuário é seguir cada vez mais pessoas e páginas. Então imagine o quanto isso polui o mural e pode fazer com que posts irrelevantes fiquem à frente daqueles que realmente importam.

Também há uma guerra entre perfis corporativos, que tem grandes equipes de marketing e tentam postar o maior número de vezes possível para alcançar seus seguidores.

As redes sociais utilizam o algoritmo no feed para beneficiar o usuário e, é claro, para que continuem ligadas na rede – quando a plataforma deixa de ser interessante, a tendência é que as pessoas a abandonem. Dessa forma, o alcance orgânico das postagens se altera drasticamente de tempos em tempos, já que os tópicos do momento vão sempre aparecer em maior evidência. Isso complica o marketing, mas é preciso ter em mente que essa ação é necessária para manter as pessoas engajadas no aplicativo.

Dá pra burlar o algoritmo? Difícil ter certeza, mas algumas coisas podem surtir mais resultados:

  • Quanto mais o seu conteúdo interagir com o seguidor – através de comentários -, mais chance ele tem de ser distribuído para mais pessoas organicamente.
  • Observe os melhores horários em que seu público está online.
  • A qualidade visual e do conteúdo é essencial para alcançar engajamento e, assim, convencer o algoritmo do Instagram de que se trata de uma publicação valiosa para os seus seguidores – por isso, é recomendado que imagens sejam vistosas e em alta definição e que os vídeos tenham boa qualidade de áudio para garantir que nada atrapalhe seu consumo.
  • Compartilhe suas postagens no Stories, mas tenha cuidado: a única contrapartida nessa atividade é a possibilidade de o excesso fazer com que o usuário silencie o seu perfil (especialmente se seus Stories forem muito barulhentos).
  • Responda seus comentários e mensagens diretas.
  • Compartilhe as postagens em que você ou sua marca forem marcados.
  • Tenha uma identidade visual que te identifique: isso faz toda diferença, pois além de dar um ar de profissionalismo, seu usuário te reconhece com mais facilidade nessa mar de imagens.
  • Faça vídeos curtos ao vivo, seja objetivo na sua bio, use hashtags relacionadas somente ao seu negócio e à postagem (e cuidado com as hashtags banidas), use a geolocalização se seu negócio for local e, por ultimo:
  • Invista em anúncios: não é preciso investir ‘milhões’, mas essa alternativa é interessante porque não leva em conta os critérios normais, dependendo apenas do investimento financeiro e dos direcionamentos escolhidos. Tanto no Instagram quanto no Facebook, os valores iniciam na média de um dólar – R$ 6,00 por dia; reserve um valor mensal e considere esse investimento como uma boa alternativa para acelerar resultados para tópicos como divulgação de cursos, vendas de produtos ou apenas para aumentar o número de pessoas que conheçam seu negócio ou marca.

E se você precisa de ajuda na criação de artes e administração das suas redes sociais, fale conosco.


*Parte inicial desse texto foi adaptado do escrito por  Para ler em inglês, clique aqui.


 

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como podemos te ajudar?